segunda-feira, 10 de outubro de 2016

PALAVRAS MÁGICAS






Com licença. Gostaria de ocupar o seu tempo por alguns poucos mi­nutos para comentar alguns aspectos sobre como transmitir a uma criança noções sobre boas maneiras. Afinal, o bom relacionamento entre as pessoas é fundamental para uma convivência tranqüila, para a cons­tituição de grupos sociais e para demonstrarmos respeito pelos nossos semelhantes. Ser bem educado torna a vida mais fácil e mais agradável. Por estes motivos, é importante ensinar estes conceitos para a criança, principalmente através do exemplo, para que ela possa beneficiar-se das grandes vantagens de ser uma pessoa bem educada e querida.

Desculpe se insisto em afirmar que o melhor modo de ensinar uma criança a ter boas maneiras é através do exemplo. Se ela ouvir você pe­dir desculpas por inadvertidamente ter dado um encontrão em outra pes­soa, saberá que esta é a conduta adequada, e terá um reforço maior ainda quando esta outra pessoa der um sorriso e disser que não foi nada. Não há maneira melhor de ensinar um comportamento adequado do que através de um modelo. É assim que as crianças aprendem sobre o certo e o errado, sobre como agir em determinadas situações e sobre o que se espe­ra dela. O nosso dia-a-dia está repleto de oportunidades para que os pais demonstrem sua maneira de lidar com diversas situações, como nas filas, nos corredores lotados do supermercado ou no trânsito.

Mas, por favor, não se esqueça da espontaneidade da criança. É preciso aproveitar com tranqüilidade aqueles comentários constrangedores (e sinceros) sobre outras pessoas para ensinarmos que ninguém aprecia ouvir opiniões a respeito de seu excesso de peso, por exemplo. Quando uma criança aprende boas maneiras sem ser pressionada ou severamente criticada pelos pais quando comete algum deslize, ela ficará orgulhosa de suas conquistas e irá assimilar esta conduta não como algo imposto e obrigatório, mas como algo natural, que fará parte de seu co­ti­diano espontaneamente e irá proporcionar enormes recompensas nos seus relacionamentos.

Obrigada pela sua atenção.

NÃO ESQUEÇA DE COMENTAR!